builderall

Caladas acessveis no Brasil


Primeiramente importante parabenizar o trabalho realizado pelo Sebrae no Mato Grosso do Sul, pela dedicao na acessibilidade e adequao de suas caladas, garantindo a incluso atravs de uma calada acessvel todos.

Segundo, agradecer a confiana em meu trabalho, por ter realizado o projeto e o acompanhamento das obras de acessibilidade, aproveitando neste texto a oportunidade de compartilhar com outros colegas, como devem ser executadas as caladas acessveis no Brasil.


1. DIVISO DA CALADA EM FAIXAS DE UTILIZAO

As caladas no Brasil, para serem acessveis, devem ser separadas em 3 faixas de utilizao. Comeando pelo lado esquerdo e caminhando para o lado direito, primeiro temos a FAIXA DE SERVIO, no meio temos a FAIXA LIVRE e do lado esquerdo temos a FAIXA DE ACESSO.

A FAIXA DE SERVIO, ter largura mnima de 70 cm e neste local devem ser instalados todos os equipamentos urbanos, como postes rvores e demais itens.

A FAIXA LIVRE ser o local de circulao das pessoas, com largura mnima de 1,20 m, piso antiderrapante, piso no trepidante e com inclinao transversal mxima de at 3%.

A FAIXA DE ACESSO, caso a calada tenha largura maior que 2,00 m, poder existir para auxiliar no acesso a edificao, ou at mesmo ser ocupada por jardins.


2. SINALIZAO VISUAL E TTIL

O piso ttil direcional um elemento obrigatrio nas caladas brasileiras, para auxiliar na circulao de pessoas com deficincia visual ou baixa viso, que representam mais de 29 milhes de pessoas no Brasil (conforme CENSO IBGE 2010).

No caso da calada executada pelo Sebrae MS, alm do piso ttil direcional, tambm foram executadas guias de balizamento ao redor das floreiras.

O piso ttil direcional e de alerta, neste caso, seguiu a definio estabelecida pela cartilha de caladas da Prefeitura Municipal de Campo Grande, com a utilizao do piso ttil direcional na cor vermelha e o piso ttil de alerta na cor amarela.


3. TIPOS DE PISOS PERMITIDOS EM CALADAS

O piso utilizado foi escolhido para estar de acordo com o estabelecido pelo Item 6.3.2 da NBR 9050:2020, que diz que:


"Os materiais de revestimento e acabamento devem ter superfcie regular, firme, estvel e no trepidante para dispositivos com rodas e antiderrapantes, sob qualquer condio (seco ou molhado).

Deve-se evitar a utilizao de padronagem na superfcie do piso que possa causar sensao de insegurana (por exemplo, estampas que, pelo contraste de desenho ou cor, possam causar a impresso de tridimensionalidade)."


Novamente, parabns ao SEBRAE/MS por demonstrar que possvel garantir acessibilidade nas caladas brasileiras.

Para mais informaes, entre em contato: (11) 99160 4718


Abraos

Eduardo Ronchetti